A fundação de desenvolvimento responsável pela criptomoeda Stellar irá realizar um airdrop de XLM em parceria com o aplicativo Keybase. Este que é um concorrente do Slack tende a ter um maior movimento do criptomercado em busca das recompensas. Entretanto, para um analista, o dinheiro que irá para o mercado não é positivo para a Stellar.

De fato os últimos tempos na história das criptomoedas apenas o Bitcoin tem tido procura. A Stellar, por exemplo, já chegou a valer mais de 5800 satoshis no topo histórico. Nos últimos tempos, entretanto, o preço da XLM não passa de 600 satoshis.

Com o novo airdrop então, mais de 2 bilhões de tokens irão para a mão dos usuários. Estes poderão vender suas recompensas em exchanges, colocando mais pressão vendedora sobre os preços da XLM.

Novo airdrop de XLM será conduzido pela Stellar em parceria com Keybase

O aplicativo Keybase tem a função de intermediar conversas entre usuários. Como um dos concorrentes do Slack, o Keybase se propõe a ser uma ferramenta de mensagens de destaque no mundo.

Comunidades, famílias, amigos, escolas e empresas. O Keybase é para todos e está crescendo rapidamente. Ao contrário do Slack, é gratuito. E sem anúncios.

Mas certamente a novidade foi anunciada no último dia 9 de setembro, quando o Keybase anunciou a parceria com a Stellar. De imediato, todos os usuários registrados ganharam 100 milhões de Lumens. Após isso, mais XLM serão distribuídos para os usuários que se cadastrarem no Keybase.

A próxima rodada de distribuição será no próximo dia 15 de outubro. A recompensa será de 3,323 Lumens na data, cerca de R$ 0,80 com a cotação da Stellar atual. Há um porém que pode abalar o valor da recompensa, que é a quantidade de cadastros realizados. Quanto mais usuários novos se cadastrarem, menor a recompensa. No dia 10 de setembro mais de 30 mil novos usuários aderiram o Keybase.

recompensa XLM Keybase

recompensa XLM Keybase / Fonte: Keybase Blog

O airdrop de XLM será conduzido por 20 meses, com recompensas todos os dias 15 de cada mês. Serão distribuídos cerca de R$ 480 milhões neste airdrop, considerando apenas a cotação atual da moeda.

Para analista, recompensas serão prejudiciais para preço da moeda

Para Nic Carter, os preços atuais da Stellar não parecem ter se precificado com o anúncio do gigante airdrop. Isso porque, há atualmente em circulação cerca de 20 bilhões de XLM no mundo. Com o novo airdrop, mesmo que em 20 meses, será acrecido 10% da oferta atual.

Para Carter, a cotação da moeda sofrerá oscilação, portanto, o valor final da distribuição não tem como ser mensurado no atual momento. Além disso, o analista afirmou que os airdrops não agregam valor, podendo ser prejudicial para o preço da XLM.

E a principal coisa que as pessoas fazem com airdrops é a) ignorá-las ou b) vendê-las imediatamente. Minha aposta é que isso terá um efeito negativo no preço. Portanto, é totalmente ingênuo e realmente muito enganoso afirmar que isso vale U$ 120m no total.

Finalmente, Nic Carter ainda relembrou que apenas os três primeiros airdrops de XLM são garantidos. Os outros 17 serão estudados na medida em que se dê o processo dos primeiros.

VER ARTIGO ORIGINAL